Loja

Hepatite B Completa
outubro 2, 2019
Cuide-se Pré-Operatório
outubro 16, 2019
Exibir Tudo

Cultura de Urina com Antibiograma

R$40,00

Categorias: ,

Detecção de processos infecciosos; auxílio ao diagnóstico das uretrites.

A presença de qualquer microorganismo é indicativa da presença de um processo infeccioso

Deve ser realizada a higienização prévia da região genital com água e sabão. Coletar a urina da manhã ou com 2 horas de retenção de urina na bexiga, desprezar o primeiro jato de urina e coletar o jato médio.

COLETA EM ADULTOS 1.Higienizar previamente as mãos e das partes genitais com lenços umedecidos ou sabonete neutro. Obs.: *Mulheres devem afastar as pernas o máximo possível e iniciar a higienização com lenços umedecidos, realizando movimentos únicos sempre de frente para trás; *Homens devem retrair o prepúcio e realizar a antissepsia da região genital com lenços umedecidos. 2. Abrir o frasco segurar o coletor somente pela parte externa. Iniciar a micção desprezando o primeiro jato de urina no vaso sanitário. Aproximar o frasco do orifício uretral, cuidando para que o frasco não encoste na região genital. Desprezar o jato final no vaso sanitário. Tampar bem o tubo.

COLETA EM CRIANÇAS 1.Orientar os pais ou responsáveis quanto a coleta do material; Higienizar as mãos; 2. Utilizar EPIS (Luvas Mascaras e óculos) 3. Solicitar aos pais ou responsáveis, auxílio na contenção da criança (pernas flexionadas e expondo a região genital); (Coleta em Crianças Sexo Masculino) *Retrair o prepúcio e fazer a antissepsia da glande e do meato urinário com lenços umedecidos ou sabão neutro, voltar o prepúcio no lugar e fazer assepsia do pênis e da bolsa escrotal, a higiene deve ser rigorosa. *Colocar o coletor infantil e verificar se ficou bem adaptado (Coleta em Crianças Sexo Feminino) *Realizar a assepsia da região genital com lenços umedecidos com sabão neutro, iniciando pelos grandes lábios, meato uretral, introito vaginal e anus. Utilizar um lado dos lenços para cada região. *Proceder a higiene num sentindo único, da frente para trás. Realizar quantas vezes for necessário; *Colocar o coletor e verificar se ficou bem adaptado, analisar se não ficou nenhum pertuito entre o adesivo e a pele, por onde possa vazar a urina; Obs.: *Não esquecer que na presença da fimose, deve ser solicitado a inclusão desta observação na ficha de identificação dos clientes; *Orientar os pais ou responsáveis que, como a pele da criança é sensível, o adesivo pode irritar a pele ou até causar assaduras (dependendo do números de troca do coletor), e o modo correto de segurar a criança no colo, para não descolar o coletor e não perder a urina. 6. Proceder a troca do coletor a cada 30 minutos, repetindo sempre a assepsia, até coletar a urina, não ultrapassando 4 trocas, evitando irritação na pele da criança. 7. Identificar o tubo de urina com a etiqueta de códigos de barras na frente do cliente; O volume ideal para envio deste exame é 4,0 mL e no mínimo 3,0 mL.

Entrar

Perdeu sua senha?

Criar uma conta?